quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

A ignorância é audaciosa!



Estou cada vez mais assustado com o futuro do país, os velhos políticos estão a morrer, inclui-se aí os bons e os picaretas, a juventude está cada vez mais distante da política, aliás, está fútil e a maioria é composta por um bando de analfabetos politicos.

O que me preocupa nisso tudo é que a juventude que deveria e deverá ser o futuro da nação está cada vez mais impregnada com as besteiras, que viram modas no Brasil.


Os jovens rapazes se transvestindo de soldados do tropa de elite e as jovens se deixando levar pela sensual, pornográfica e inútil dança do Creu e outras bestialidades da cultura inútil que nos é imposta pelo modismo e alienação causada pela TV e outros meios.

Com tantas futilidades e ignorância política entre os jovens o que pensar a respeito do futuro da nação?

Os políticos espertalhões estão cada vez mais se aproveitando dessa ignorância e se esbaldando com a grana que eles roubam do povo. É notável um certo autoritarismo por parte do governo, que aumenta impostos por meio decretos abusivos.

A juventude de hoje não é tão ligada aos acontecimentos políticos. Então fica a pergunta:

Mas é isso que é a juventude que diz que é o futuro do país?

A verdade, é que com esse pateticismo e show de futilidades tenho medo que a juventude apenas ressucite o velho inimigo do Brasil do século passado, porém ao invés de miltares teremos populistas com um getulismo fajuto. Teremos populistas num nível mais ridículo e podre e ignorante que o de Hugo Chávez e Evo Morales.


Que tenhamos vergonha na cara e saibamos participar ativamente da política.

Ps.: Há quarenta anos iniciava-se a Bossa Nova, hoje há poucos adeptos e admiradores de tal estilo, em compensação a cada dia aumenta o número dos que se adequam e admiram a 'Bosta Nova'. De uma coisa se sabe: O Lula está fazendo escola, prova disso é a ignorância cultural da população.

Livros sim! Participação política sim! Mas se a juventude for em política assim como é em estética e cultura. Nós estamos feitos.

Abraços. Gildean Tiago

Nenhum comentário: