quinta-feira, 28 de outubro de 2010

É Feliz quem vive aqui?

(Parque Potycabana. Foto retirada do Portal http://180graus.com)


Devo dizer que é cheio de constrangimento que acompanho o atual momento político do Piauí e carregado de indignação com o descaso do Governo do Estado em relação ao Piauí.

As propostas apresentadas nessas eleições não parecem muito claras. Algumas do atual governador, por exemplo, são repetidas. Foram prometidas em 2002 e voltaram á tona em 2006 e agora em 2010. E em 2010, pra se manter no governo, o mesmo grupo de 2002, 2006 repete as promessas de outrora. Por que voltaram à tona? Simples: Porque essas promessas não foram cumpridas e algumas nem foram postas em prática.

Os investimentos feitos nas obras da Potycabana e centro de Convenções, por exemplo, não têm surtido efeito. As obras seguem lentas, às vezes são paralisadas, e depois de vários meses as obras não foram concluídas. O Centro de Convenções deveria ser entregue em dezembro de 2009. As obras atrasaram e o centro será entregue em 2011. Apenas em 2011.

Diversas vezes o Deputado Tererê (PSDB-PI) alertou que o Estado poderia quebrar e as finanças não suportariam e que os empréstimos contraídos pelo então Governador Wellington Dias (PT-PI) eram mal explicados e feitos sem análise necessária, mas não lhe deram ouvidos. Teve um jornalista que o chamou de palhaço.

Mas o tempo foi passando, os fatos foram se confirmando e hoje vivemos num Estado que paga os servidores em dia, mas não os compromissos assumidos com as empresas que prestam serviço ao Estado.

Os fatos foram se confirmando, veio o desperdício de dinheiro em aluguéis carros de luxo através de algumas secretarias de Governo. Fala-se ainda que o Governo do Estado enviou recursos para a construção de uma clínica particular na cidade de picos. Pode?

À cada semana um novo escândalo, um empresa cobrando publicamente o governo do Estado que não pagava pelos serviços prestados. Enquanto isso, os Governistas se mantinham cegos ou fingiam não enxergar. Foram coniventes, participaram de toda essa bagunça que vivenciamos no Piauí e ainda fazem forte campanha para a reeleição do atual Governador.

Eu, como filho do Piauí não posso me conformar com toda essa triste situação. O que acontece no Piauí é triste, é grave e pode levar à conseqüências piores do que as loucuras de Alberto Silva em seu segundo governo no final dos anos 80.

Não podemos silenciar, não podemos negar, nas urnas, uma resposta a todo esse descaso do atual governo para com o Piauí. Silenciar e não reagir é ser conivente, cúmplice de todas essas aberrações que acontecem no Piauí.

P.S: Não vou falar do PAC no Piauí porque sua existência no Piauí foi/é a maior mentira já vista (na verdade, é difícil ver algo do PAC) no Piauí.

Nenhum comentário: