quarta-feira, 25 de maio de 2011

Não há nada de novo!


(Foto retirada do portal GP1)

Já faz algum tempo que eu não escrevo sobre Nazária. As poucas novidades ficaram velhas e a falta de texto não foi por preguiça ou coisa parecida. Acontece que depois de alguns textos os assuntos foram ficando repetitivos.

Os problemas em Nazária são sempre os mesmos. A péssima qualidade da educação, a saúde cada vez mais doente e a ausência da secretária de saúde, que dia desses foi “encontrada” pela reportagem do portal GP1 fazendo caminhada na Av. Marechal, em Teresina, quando deveria estar em busca de recursos  para a população de Nazária. Poderia pelo menos estar no município pra trabalhar.

Tenho lido algumas coisas sobre Nazária em um portal daqui de Teresina e só encontro notícias sobre torneio de futebol. Parece que a única coisa que o prefeito faz em Nazária é organizar e apoiar torneios de futebol.

Nada contra, as pessoas precisam de diversão, mas não é apenas disso que o povo precisa. O povo não quer enganação. Os nazarienses não querem só futebol. Os nazarienses querem investimentos em saúde, educação, saneamento básico e pavimentação.

Não sei se o prefeito sabe - sei nem se ele anda em Nazária - mas as estradas do município estão horríveis. Só não digo que todas  estão intrafegáveis porque os motoristas sabem fazer alguns "malabarismos" e conseguem dirigir pelo município, mas a situação das estradas é ruim.

Nazária parece uma cidade sem prefeito. Quem ver, jura que Nazária participa de alguma experiência anarquista. Às vezes tem umas coisas que ficam futucando a bainha do meu juízo: O Ubaldo Nogueira já sabe que é prefeito de Nazária? Ele já sabe que foi eleito nas eleições de 2008? Será que ele já sabe que desde 2009 ele deveria atuar como prefeito da cidade? Parece que não sabe ou finge não saber.

Nazária não tem uma biblioteca pública. O prefeito e o secretário municipal de Educação deveriam lutar pra que Nazária tenha pelo menos uma biblioteca.

Maio de 2011, quase três anos após a posse de Ubaldo Nogueira e nenhuma de suas promessas de campanha foi cumprida. Nada de centro de produção, nem ginásio poliesportivo e nem rodoviária. O prefeito falou em apoio aos agricultores de Nazária, mas quase nada tem sido feito.

Durante a campanha, o Ubaldo falou, no Povoado Crispim, que lutaria para que Nazária fosse um dos municípios beneficiados com a implantação da Universidade Aberta, a UAPI, mas até agora não se tem notícia de que ele tenha procurado convênios para colocar isso em prática.

O ex-governador Mão Santa costumava dizer no senado que "a pior desgraça de uma administração é não fazer nada". Pois se avaliarmos esses dois anos e meio de administração do Ubaldo no município, conclui-se que ele tem conseguido a pior desgraça de uma administração.

Nazária não tem nada. A prefeitura não faz obras, e tem-se a impressão que o prefeito não trabalha e a maioria dos vereadores não cobram, não exigem que o prefeito trabalhe. Eles assistem toda essa "desadministração" e se calam.

Como bem dizia o Jornalista Deoclécio Dantas: É uma lástima! Uma lástima!

PS: Nazária passa por uma situação constrangedora graças à incompetência do prefeito, dos secretários e de alguns vereadores. E não é pouco constrangimento não. Uma pena!

Nenhum comentário: